Componentes – Criando Zona de DNS

Painel CL9 – Componentes – Criando Zona de DNS
 
 
Para adicionar uma nova zona DNS:

1.Em “Componentes”, clique em  “DNS” no seu Painel de CL9.
2.Clique no botão Criar zona de DNS.
3. Preencha o seu nome de domínio (ex: dominio.com.br) e no orgão de registro, aponte seu domínio para os seguintes servidores de nomes:

• ns1.cl9.cloud
• ns2.cl9.cloud
• ns3.cl9.cloud
• ns4.cl9.cloud



Para criar a nova Zona de DNS, ou seja, a entrada de seu novo domínio, clique nos botões exibidos na imagem abaixo:



Informe o nome de seu novo domínio no campo “Domain Name”.

Mova o controle deslizante “Auto Populate With Existing DNS Record” para a direita, se desejar importar automaticamente suas configurações de DNS existentes ou salte esta etapa para começar do zero. Observe que esta opção pode não importar todas as configurações existentes, então você deve verificar seu novo registro todas as entradas que faltam.
Em seguida, clique no botão Enviar, conforme imagem abaixo;



No próximo passo, será exibida uma tela informando que o novo domínio foi adicionado com sucesso.

Agora será necessário criar os diferentes tipos de entrada para seu novo domínio;



Você pode criar, também, a zona “rDNS”. A resolução de DNS reverso (rDNS) é a determinação de um nome de domínio associado a um endereço IP para consulta de DNS. A maioria dos servidores de correio faz uma pesquisa do rDNS antes de aceitar mensagens provenientes do servidor de correio de origem, como uma das técnicas de e-mail anti-spam.


Para criar a zona rDNS, no registro de domínio, aponte seu domínio para os seguintes servidores:

0.0.0.0.0.0.0.0.8.b.d.0.1.0.0.2.ip6.arpa

0-25.228.169.69.in-addr.arpa 

64-30.228.169.69.in-addr.arpa

228.169.69.in-addr.arpa

 

Na mesma página abaixo, clique nos ícones “Adicionar” ao lado ( + ) os tipos de apontamentos DNS que deseja adicionar em seu novo domínio.



Você pode adicionar e gerenciar os seguintes apontamentos de DNS:

 

  • SOA (Início da Autoridade) - altere o início do tempo de autorização para o valor de vida (TTL). Para alterar um SOA TTL, clique na célula TTL ao lado do registro SOA e digite um novo valor.

  • NS (Servidor de nomes) - altere o TTL dos servidores de nomes existentes ou adicione novos servidores de nomes. Para alterar o TTL do servidor de nomes, clique na célula TTL ao lado da gravação do servidor de nomes e digite um novo valor.

 

  • A (Host) - apontar seu nome de domínio para um endereço IP estático. Para criar um novo registro A, insira os seguintes parâmetros nas células:
    Host - insira um nome de host ou use o sinal "@" para representar seu host atual.
    Aponte para - digite o endereço IP ao qual o usuário seria enviado para esse nome de host.
    TTL - configure o tempo para o valor de vida desse registro.

    Um exemplo de registro: ftp 192.168.0.1 86400
    Onde: ftp é o anfitrião; 643763287490 - IP, 86400 é valor TTL.
    Portanto, seu ftp.yourdomain.com resolverá 2a00: 1450: 400b: c00 :: 68 endereço IP e o valor TTL = 86400 segundos.

 

  • AAAA (Anfitrião)
    Para criar um novo registro AAAA, preencha as seguintes células:
    Host - insira um nome de host ou use o sinal "@" para representar seu host atual.
    Aponte para - digite o endereço IP ao qual o usuário seria enviado para esse nome de host.
    TTL - configure o valor TTL para este registro.

    Exemplo de registro AAAA:
    Ftp 2a00: 1450: 400b: c00 :: 68 86400
    Onde: ftp é o host, 2a00: 1450: 400b: c00 - Endereço IPv6, 86400 é o valor TTL.
    Então, seu ftp.yourdomain.com irá resolver 2a00: 1450: 400b: c00 endereço IPv6.

 

  • CNAME (Alias) - alias registros de domínio para o seu domínio.


É possível usar caracteres de sublinhado nos registros do CNAME.

Para adicionar um registro CNAME, preencha as seguintes células:
Hospede -.enter o nome do host ou use o sinal "@" para representar seu host atual.
Aponte para -enter um alias que você deseja atribuir ao seu domínio.
TTL - ajuste o valor TTL.

Exemplo de registro CNAME:
Www example.com 86400
Onde: www é um alias, example.com é um nome de domínio válido, 86400 é valor TTL.

Para adicionar os alias, certifique-se de que um registro “A” seja adicionado a este domínio.

 

 

  • PTR (Ponteiro) - crie registros PTR para zona rDNS.
    Para adicionar um registro PTR, preencha as seguintes células:
    Nome -entre o IP:

    - para IPv4
    Um dos IP do intervalo, como 1 ou 2

    - para IPv6
    Um dos IP do intervalo, como 0.0.0.0.0.0.0.0.8.b.d.0.1.0.0.2
     
    Hostname - insira o nome do host ou use o sinal "@" para representar seu host atual.
    TTL - ajuste o valor TTL.

 

  • MX (Mail Exchange) - identifique o servidor de correio para o seu nome de domínio.
    Para adicionar um registro MX, preencha as seguintes células:
    Prioridade - Defina a prioridade MX para especificar a ordem de roteamento (menor valor significa maior prioridade).
    Host: insira o nome do host para o qual os e-mails devem ir
    Goes to - digite o nome de domínio válido.
    TTL - ajuste o valor TTL.

MX record example:
10 mail example.com 86400
Onde: 10 é a prioridade, mail é o host, example.com e “86400” é o TTL do domínio.

 

  • TXT - Incluir informações adicionais sobre a zona DNS.
    Host - insira o nome do host válido
    Valor - qualquer texto livre que você deseja dentro de um registro TXT. Máximo de 1300 caracteres.
    TTL - valor TTL.

TXT record exemplo
@ v=spf1 a mx ptr ip4:192.168.1.1 ~all 86400
Onde: @ é o host name, v=spf1 a mx ptr ip4:192.168.1.1 ~all é o value, e 86400 a TTL.

 

  • SRV (Serviço) - especifique os serviços que você possui no seu domínio.
    Para adicionar uma gravação SRV, insira os seguintes parâmetros de células:
    Host - digite o host para o qual esse registro é válido.
    Prioridade - Defina a prioridade do host. Menor valor significa mais preferido.
    Peso - o peso aproximado para registros relativos com a mesma prioridade.
    Porta - a porta na qual o serviço pode ser encontrado.
    Aponta para - digite o nome do domínio.
    TTL - configure o tempo para o valor de vida.

    Exemplo de registro SRV:
    Xmpp._tcp 0 1 5222 jabber.example.com 86400
    Onde: xmpp._tcp é um host, 0 é prioridade, 1 é peso, 5222 é uma porta, jabber.example.com é um ponto de valor, 86400 é TTL.

 

Wildcards

No Painel CL9 é possível usar wildicards em todos os registros DNS. A tabela abaixo explica as regras do uso de wildicards.



Underscore characters

 

No Painel CL9 é possível usar wildicards em todos os registros DNS. A tabela abaixo explica as regras do uso de underscore.

  • DNS Zone, DNS, Criar Zona DNS
  • 1 Usuários acharam útil
Esta resposta lhe foi útil?

Related Articles

Ferramentas - Estatísticas - Network

Ferramentas - Estatísticas - Network O Painel CL9 rastreia o uso da rede para os servidores e...

Componentes - Templates - Template List

Componentes - Templates - Template List Os modelos de servidores virtuais são ambientes de...

CDN - CL9

CDN - CL9CDN - Content Delivery Network ou em português, Rede de Distribuição de Conteúdo, é uma...

Ferramentas - Estatísticas - IOPS Disks

Ferramentas - Estatísticas - IOPS DisksAs estatísticas estão contidas no menu superior do Painel,...

Conhecendo o Painel CL9 – Visão Geral Básica

Conhecendo o Painel CL9 – Visão Geral Básica   O Painel CL9 https://painel.cl9.com.br é a...